Patrocínio:



Apoio:

SUS Ministério da Saúde SBN SBC DHA anad





Vida Saudável - Atualidades




Esteroides androgênicos anabolizantes podem provocar aumento da pressão arterial em jovens

Texto: Marcelo Rodrigues dos Santos - Formado em Educação Física; Doutor em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP); Pós-doutorado pela Universidade de Göttingen na Alemanha; Pesquisador Científico do Instituto do Coração (InCor).

O uso indiscriminado de substâncias ilícitas no meio esportivo é uma tática frequente entre atletas no intuito de melhorar o desempenho físico. Porém, o uso de algumas substâncias, tais como os esteroides androgênicos anabolizantes (comumente chamados apenas de anabolizantes), não são exclusividade apenas de atletas de alto rendimento. Nos últimos anos, tem crescido de forma alarmante o uso de anabolizantes entre jovens praticantes de treinamento de força (musculação) recreacional. Entretanto, o uso de anabolizantes pode levar a alterações importantes do sistema cardiovascular em jovens saudáveis. Nesse sentido, uma das principais alterações observadas nessa população é o aumento da pressão arterial.

Sabe-se que a hipertensão é uma doença com alta prevalência em nossa população e que apresenta relação direta com a idade, de modo que sua prevalência é superior a 60% em indivíduos acima de 65 anos. No entanto, é importante destacar que os estudos que avaliaram os níveis da pressão arterial em jovens usuários de anabolizantes, apontam para uma elevação importante da pressão arterial nessa população (1-3). Outro dado alarmante é que a pressão arterial em jovens usuários de anabolizantes está aumenta não só numa medida pontual em repouso, como aquela feita nos consultórios médicos, mas também quando a pressão arterial é monitorada ao longo de 24 horas (1), o que pode expor esses indivíduos a um risco cardiovascular aumentado.

As causas desse aumento da pressão arterial em usuários de anabolizantes pode ter algumas explicações. A primeira está relacionada a um aumento da atividade nervosa simpática, que é uma parte do sistema nervoso responsável por aumentar a frequência cardíaca e gerar aumento da resistência dos vasos sanguíneos à passagem do sangue, aumentando a pressão dentro desses vasos. A segunda está relacionada com o aumento da retenção hídrica (retenção de sódio e água pelos rins) provocada pelo anabolizantes, o que também pode elevar a pressão arterial. Vale salientar que esse aumento da pressão arterial pode ser transitório, ou seja, quando o indivíduo interrompe o uso dos anabolizantes, os níveis pressóricos podem voltar a estágios de normalidade. Entretanto, cabe aqui um alerta! Alguns estudos têm demonstrado que a elevação da pressão arterial pode persistir aumentada por 5 a 12 meses mesmo após a descontinuação do uso do anabolizante (2). Portanto, o uso indiscriminado pode ter um efeito em longo prazo sobre o sistema cardiovascular, mesmo após sua interrupção, o que pode desencadear um grande problema para o controle adequado da pressão arterial em jovens usuários. Dessa forma, considerando os riscos cada vez mais comprovados à saúde cardiovascular do uso dos anabolizantes parece razoável recomendar a abolição e/ou interrupção dessa prática por jovens praticantes de atividade física.






Referências:

1. Alves MJ, Dos Santos MR, Dias RG, Akiho CA, Laterza MC, Rondon MU, Moreau RL, Negrāo CE. Abnormal neurovascular control in anabolic androgenic steroids users. Med Sci Sports Exerc. 2010 May;42(5):865-71.

2. Achar S, Rostamian A, Narayan SM. Cardiac and metabolic effects of anabolic-androgenic steroid abuse on lipids, blood pressure, left ventricular dimensions, and rhythm. Am J Cardiol. 2010 Sep 15;106(6):893-901.

3. Angell P, Chester N, Green D, Somauroo J, Whyte G, George K. Anabolic steroids and cardiovascular risk. Sports Med. 2012 Feb 1;42(2):119-34.

4. dos Santos MR, Dias RG, Laterza MC, Rondon MU, Braga AM, de Moraes Moreau RL, Negrão CE, Alves MJ. Impaired post exercise heart rate recovery in anabolic steroid users. Int J Sports Med. 2013 Oct;34(10):931-5.






Veja também:






Acesse o site da SBH no celular





Esteroides androgênicos anabolizantes podem provocar aumento da pressão arterial em jovens
Destaque
Entrevista para Rede Vida com Dr. Francisco Habermann.