Patrocínio:



Apoio:

SUS Ministério da Saúde SBN SBC DHA anad





Ligas de Hipertensão

 

As Ligas de Hipertensão são grupos de pessoas que se uniram por um bem comum e formaram grupos de combate à hipertensão.


O objetivo principal é estimular e propiciar meios e instrumentos para atividades assistenciais, educacionais, de pesquisa e de prevenção da hipertensão arterial.


Você também pode formar uma Liga. Saiba mais:

O baixo grau de conscientização da população brasileira sobre hipertensão arterial e outros fatores de risco cardiovascular fizeram com que a Sociedade Brasileira de Hipertensão criasse o Departamento de Ligas de Hipertensão, que representa o seu braço comunitário e tem como objetivo principal estimular e propiciar meios e instrumentos para atividades assistenciais, educacionais, de pesquisa e de prevenção da hipertensão arterial.


As Ligas de Hipertensão expressam uma filosofia operacional no combate à hipertensão arterial. Elas nasceram em função das necessidades multiprofissionais de assistência ao hipertenso, incluindo, além do médico, profissionais na área de enfermagem, nutrição, psicologia, assistência social, educação física, farmácia e, eventualmente, outros profissionais com interesse na área de saúde.


Esta equipe teria como objetivo prioritário operacionalizar e otimizar a orientação médica para o tratamento da hipertensão arterial. Isto porque, além do uso de medicação antihipertensiva, comumente necessária, mudanças no estilo de vida são fundamentais para o controle adequado da hipertensão e dos fatores de risco cardiovascular associados.


Contudo, estas condições ideais são possíveis numa minoria de instituições, a exemplo das Universidades. O binômio médico-enfermeiro representa a estrutura multiprofissional mais freqüentemente disponível, principalmente nas Unidades Básicas de Saúde e no Programa de Saúde da Família. A Liga geralmente nasce em torno do trabalho desses profissionais e vai expandindo a sua estrutura à proporção que as facilidades se ampliam, com a agregação de outros profissionais de saúde.


No que diz respeito às atividades da Liga, elas são determinadas pelos objetivos, características e disponibilidades do grupo, podendo incluir atividades assistenciais, educativas e de pesquisa, em conjunto ou qualquer uma delas.
É importante frisar que a filosofia da criação de uma liga deve incluir, além das atividades puramente assistenciais, atividades educacionais, envolvendo pacientes, a comunidade e profissionais de saúde, de todos os níveis, sem o que os seus objetivos plenos não serão atingidos.


O processo formal de criação de uma Liga se inicia pela elaboração de um estatuto. A etapa seguinte deve ser a realização de uma assembléia de fundação, com a respectiva ata. Desta assembléia podem participar membros da comunidade, com atividades profissionais múltiplas, não necessariamente ligadas à saúde. A ata e os estatutos representam os documentos hábeis para o registro em cartório como sociedade civil sem fins lucrativos. Depois, é necessário obter o CNPJ e satisfazer outros pormenores administrativos, no que é útil a assessoria de um advogado e/ou contador.


Caso tenha dúvidas, entre em contato através do e-mail sbh@sbh.org.br, formulário de contato ou pelo telefone: 11-3284-0215.


Cadastrar nova liga



Voltar

Acesse o site da SBH no celular





Esteroides androgênicos anabolizantes podem provocar aumento da pressão arterial em jovens
Destaque
Entrevista para Rede Vida com Dr. Francisco Habermann.