Patrocínio:



Apoio:

SUS Ministério da Saúde SBN SBC DHA anad





releases

São Paulo terá dia de combate ao estresse

No dia Municipal de Combate ao Estresse, SBH orienta os paulistanos São Paulo, 22 de setembro de 2008 – A doença que é sinônimo de vida moderna ganhou uma data de combate, instituída por Lei, na cidade mais agitada do país: 23 de setembro. No Brasil 70% da população economicamente ativa sobre deste mal, e no Estado paulistano são mais de 37%. Os principais sintomas do estresse são os sinais de cansaço, dor na coluna, sentimento de medo e agressividade constantes, diminuição da produtividade e eficiência, perda de memória, aceleração do batimento cardíaco, irritação, entre outros. O estresse está associado diretamente às doenças do coração e à hipertensão arterial. Preocupada com o índice representativo de pessoas estressadas que são cometidas por pressão alta, a Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) reforça alguns cuidados que devemos ter. O controle do estresse emocional é necessário para a prevenção primária da hipertensão arterial. O treino desse controle resulta em: redução da reatividade cardiovascular, redução de variabilidade e redução da pressão arterial, sendo recomendado não só para hipertensos, mas também para aqueles com tendências de desenvolver a doença. Segundo a V Diretrizes Brasileira de Hipertensão Arterial há evidências de uma relação entre estresse emocional e aumento da pressão arterial e da reatividade cardiovascular, sendo essa aumentada ao estresse um fator de desenvolvimento da hipertensão arterial. O estresse crônico também pode contribuir. Estudos demonstram que esta associação sugere que o medo crônico, a ansiedade, a solidão e a depressão podem ser causa de mortes em pessoas com doenças do coração. O estresse libera um hormônio constritor (a adrenalina) que elevaria a pressão arterial. Em indivíduos não propensos à hipertensão, o organismo liberaria um segundo hormônio, um vasodilatador, a dopamina, impedindo que a pressão se mantenha alta. “A rotina do mundo atual faz com que as pessoas não se atentem aos hábitos e exercícios que ajudam a exercitar corpo e mente e, deixam somente, que o cansaço e as dificuldades predominem causando assim, o estresse.”, afirma Dr. Artur Beltrame Ribeiro, presidente da Sociedade Brasileira de Hipertensão. A SBH reforça os 10 mandamentos utilizados na Campanha de Combate de Hipertensão 2008, com o tema “Tratar a hipertensão é um ato de fé na vida” para manter a hipertensão controlada em um novo estilo de vida mais saudável e também, evitando o estresse. Confira: 10 MANDAMENTOS PARA PREVENÇÃO E CONTROLE DA PRESSÃO ALTA 01. Meça a pressão pelo menos uma vez por ano. 02. Pratique atividades físicas todos os dias. 03. Mantenha o peso ideal, evite a obesidade. 04. Adote alimentação saudável: pouco sal, sem frituras e mais frutas, verduras e legumes. 05. Reduza o consumo de álcool. Se possível, não beba. 06. Abandone o cigarro. 07. Nunca pare o tratamento, é para a vida toda. 08. Siga as orientações do seu médico ou profissional da saúde. 09. Evite o estresse. Tenha tempo para a família, os amigos e o lazer. 10. Ame e seja amado Contato para a imprensa: Advice Comunicação Corporativa Fernanda Dabori / Indira Lopes Tel: (11) 5103-2779 fernanda@advicecc.com indira@advicecc.com



Voltar
Acesse o site da SBH no celular





A importância de cuidar de si
Destaque
Entrevista para Rede Vida com Dr. Francisco Habermann.