Patrocínio:



Apoio:

SUS Ministério da Saúde SBN SBC DHA anad





releases

Somente 46,5% dos pacientes brasileiros que estão sob tratamento anti-hipertensivo tem a pressão arterial

Nos Estados Unidos estudo similar encontrou 58% dos avaliados com a pressão arterial controlada

São Paulo, 23 de abril de 2010 – Estudo conduzido entre fevereiro e junho de 2008, com 291 médicos nas regiões Norte-Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul, avaliou 2 mil e 810 indivíduos em tratamento da Hipertensão Arterial (HA) para avaliar o controle da doença. O trabalho “Controlar Brasil”, liderado pelo Professor e Doutor Fernando Nobre, presidente da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH), contou com a participação de mais de 300 médicos de todas as regiões do país e está para ser publicado.

Na análise total, independentemente da condição a que se enquadravam os indivíduos, 1.497 (53,3%) deles apresentavam-se com Pressão Arterial (PA) maior que 140 x 90 mm Hg, valor esse considerado inadequado. Para pacientes de alto risco, o controle da doença não passa dos 35%.

Conclui-se, portanto, que mais de 45% deles não estavam com a pressão adequadamente controlada.

O estudo dividiu os indivíduos avaliados em quatro grupos pré-definidos de risco crescente. O controle da pressão arterial segundo em cada grupo foi, respectivamente: Grupo A = 61,7%; Grupo B = 42,5%; Grupo C = 41,8 % e Grupo D = 32,4 %. Isso mostra um cenário ainda mais grave, pois os individuos de maior risco e que, portanto, necessitam de controle mais intenso eram exatamente os que menos apresentavam a PA controlada.

Advice Comunicação Corporativa
Nathalia Brogiatto/ Fernanda Dabori
Tel: (11) 5103-2779
nathalia@advicecc.com fernanda@advicecc.com www.advicecc.com



Voltar
Acesse o site da SBH no celular





A importância de cuidar de si
Destaque
Entrevista para Rede Vida com Dr. Francisco Habermann.